Conselhos Para Os Que Estão Começando No Ministério

015

Uma noite destas eu tive a oportunidade de ouvir algumas sábias palavras de um pastor que está envolvido no ministério a mais de 50 anos. Atualmente ele serve como Pastor Executivo de uma igreja bem grande na Costa Leste. Quando perguntado sobre o que ele aprendeu após todos estes anos servindo fielmente ao Senhor, ele deu três pontos poderosos, os quais eu precisava ouvir.

A Necessidade Não é O Chamado

É importante notar e diferenciar a necessidade do chamado. Como líderes, muitas vezes estamos prontos a preencher lacunas quando as necessidades surgem. É fácil nos dispormos e cuidarmos de uma necessidade pensando: “Se eu não fizer, quem vai fazer?”. Precisamos saber para o quê Deus está nos chamando e então andarmos fielmente neste chamado. Não estou dizendo que devemos ignorar as necessidades, mas estou te encorajando a não se sentir prisioneiro de cada uma delas. Discirna em que você foi chamado a se alegrar, discirna a que você não foi chamado, e abrace a liberdade.

Ministre a Partir do Transbordo

Isto já foi dito muitas vezes, mas precisa ser dito de novo e de novo, faça do seu tempo devocional com o Senhor uma prioridade. Precisamos valorizar e proteger nosso estudo e tempo de oração pessoal. Separe um tempo e proteja este tempo. Muito do ministério é dar aos outros, e ministros precisam se certificar de que eles mesmos estão sendo alimentados. Ninguém pode dar o que não tem.

A Igreja É uma Amante Ciumenta

Proteja seu tempo em família. Sempre existirão problemas, sempre surgirão necessidades, sempre aparecerão reuniões. É muito fácil sermos tentados a querer apagar todo e qualquer fogo, participar de todas as reuniões e eventos. A igreja estará sempre nos chamando e acenando. Mas muitas vezes responder a igreja é preterir e negligenciar nosso tempo com a família. Certifique-se de participar dos eventos dos seus filhos, compartilhe com eles essas experiências especiais. Ajude em casa, pare para ouvir como foi o dia de sua esposa, leve-a para sair com regularidade. Não se deixe seduzir pelo som da sirene do ministério.

Pessoalmente, eu precisava ouvir estas palavras. Elas são um lembrete gentil de que meu chamado não é para tentar e ser o salvador da igreja. Um lembrete de que preciso me certificar de que meu tempo de oração e devoção pessoal são uma prioridade. Um lembrete de evitar negligenciar minha esposa e filhos, meu primeiro ministério precisa ser sempre em casa. Considere em oração em qual dessas áreas você tem tido dificuldade e faça os ajustes necessários.

Por: Jim Fowler – Original: Advice When First Starting Out In Ministry

Traduzido por: Equipe ReVive

 

Propaganda Novembro 15

FALE CONOSCO